domingo, 19 de abril de 2009

ASSIM...

Quero morrer assim, na surpresa... Pá, pimba, no susto, senão não morro! Rita Bittencourt

4 comentários:

  1. Ó chamateia que fala da saudade
    Ó canção que pões um brilho nos olhos
    Ó mulher que tens a forma da viola
    Ó que espalhas paixões aos molhos

    E o cantar da meia-noite
    A todos encanta e seduz
    Cantar até que morra a voz
    Cantar até que haja luz


    Vem tocar uma Viola de dois corações



    Mágico beijo

    ResponderExcluir
  2. Porque morrer? Pra privar-nos de tuas criações? De tuas preciosidades?
    Acredito que o muito que vi, é o mínimo que fazes.

    Perdoe-me, é que estive passeando, avistei teu espaço, invadí e não resistí.

    Beijos,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  3. O AMOR É IMORTAL

    Um homem que sabe amar nunca vai embora
    ele sempre estará presente na vida da sua amada
    ele será inesquecível
    tem cheiro de rosas vermelhas
    com o amor ninguém consegue acabar
    ele nos acompanha mesmo que em silêncio total
    O amor é imortal
    silencioso
    por isso pensamos que ele foi embora
    mas não
    ele estará sempre presente
    em nossas vidas
    o prazer de ser amado
    é o melhor prazer
    delírios

    ResponderExcluir
  4. esta chevere el blog...segui posteando...

    ahi te dejo para que lo cheques:

    www.tumentepoderosa.blogspot.com

    fer

    ResponderExcluir